segunda-feira, 2 de março de 2015

Flores em Março



Chegou Março e, sendo as flores tendência obrigatória nos nossos roupeiros, estão bem presentes para nos florear os dias que estão para chegar!
Vamos abusar dos acessórios tamanho XXL e criar looks animados, divertidos para recebermos a primavera!






Sandálias e Carteira Valentino na Sapataria Xiola em Águeda 
Óculos Tom Ford no Instuto óptico em Águeda 
Colar e Chapéu na HM 
Colete de pelo na Wear Bohemia
Calças Zara 
Carteira Love Moschino na C&E em Águeda 

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Calças á Boca de Sino ou Flare

As calças á boca de sino ou também chamadas Flare, eram peças obrigatórias nas décadas de 60 e 70 quer nos roupeiros femininos como no masculino. Quem, dessa época, não se lembra do famoso Jimi Hendrix e suas calças á boca de sino?




Nessa altura, havia quem as cortasse na costura e acrescentava outro tecido para ficarem exageramente largas.
Hoje, ao contrário de décadas atrás, a calça flare não precisa de ter muita largura, antes pelo contrário. Atualmente são mais simples, elegantes e mais básicas, além disso, é democrática, pois toda mulher pode usar com o seu estilo proprio e já não são exclusivas daquelas meninas que gostam de um estilo mais hippie, boho.
A flare funciona quer nos looks de trabalho, quer num estilo mais chique, se usarem flare jeans escuros combinando com um blazer, conseguem um look casual.
O modelo que mais valoriza o corpo feminino é a flare jeans de cintura alta. Principalmente para as baixinhas como eu, pois ficam com um corpo mais longilíneo. É só colocar uma camisa fluida por dentro e uns sapatos com salto alto. 
Mas nem é só de peças ajustadas sobrevive uma calça flare. A calça Flare é muito versátil e por esse motivo podem conjugar com t-shirts, malhas, blazers, blusas, assim como um top cropped etc... 

 

 dependendo do sitio onde vão estar, vai adaptar-se aos diferentes estilos e produções.


 Se optar por usá-la no trabalho, combinem com um blazer colorido por cima e estão prontas para mostrar quem manda! 



Se a calça for colorida, um look monocromático pode ganhar um ar sofisticado com uma sandália de salto fino
O que torna as calças flare especiais é que, as podemos encontrar em jeans, linho, pele, algodão, sejam em tecidos lisos para quem tem as pernas mais gordinhas...



 ou com padrões florais ou estampados para as mulheres com pernas mais finas isso porque os desenhos irão criar a ilusão de pernas mais grossas do que são na realidade.


Mulher baixa

As baixinhas  podem usar, o importante é não deixar a barra da calça encostar no chão. Outro detalhe que devem dar atenção: ao usar a calça flare, evitem sapatilhas, em vez disso usem preferêncialmente salto alto para criaar a ilusão de parecerem mais altas.


 

 Mulheres com curvas

 Para a mulher  plus size, a flare é perfeita para criar equilibrio nas proporções, podem investir com confiança!
Precisamos ter cautela na escolha da cor, do tecido e dos acessórios. Cintos, principalmente, caso optem por um. - See more at: http://www.zakzuk.com.br/moda/calca-flare-para-gordinhas/#sthash.2PX2rRQ4.dpuf
Precisamos ter cautela na escolha da cor, do tecido e dos acessórios. Cintos, principalmente, caso optem por um. - See more at: http://www.zakzuk.com.br/moda/calca-flare-para-gordinhas/#sthash.2PX2rRQ4.dpuf



 Flare num evento





O que acham das calças flare?



domingo, 1 de fevereiro de 2015

Body Chain

Body chain ou corrente de corpo é uma espécie de colar, mas que é cruzado nas costas, na barriga ou mesmo embelezam o peito, dando-lhe um charme simplesmente irresistivel.


Inspirada nas indianas, que usam os acessórios com muitas correntes em todo o corpo, a moda da body chain continua a ser tendência. 
O acessório é como um grande colar que envolve o corpo e geralmente vai até a barriga. 



Também há versões para os braços e as pernas.Existem outros tipos de correntes, como a arm chain (corrente de braço), hand chain (corrente de mão), thigh/leg chain (corrente de coxa/perna).


Do pescoço a prolongarem-se até à cintura ou aos ombros, nas perna ou nos braços, as correntes de corpo vieram marcar uma posição no mundo da moda.
No dia-a-dia, a moda do body chain pode ser usada para dar charme aos looks básicas ou para arrasar numa saída á noite.
Os looks que vi podem ser mais ousados, mas não significa que os mais básicos não possam usar.


 Na praia dão um toque extra para quem gosta de estar bonita em todos os momentos.
As body chains não precisam de mais nada para brilhar além de um corpo à altura que as vista.



Como usar:


  • Esqueçam os vestidos mais elaborados e as peças deslumbrantes, porque a perfeição está na simplicidade do acessório.
  • Para quem gostou da ideia de usar body chain na praia não esquecer de tirar este acessóriopara não ficarem com as marcas.
  • Num look que use a body chain, é este acessório que deve chamar a atenção, por isso, escolham peças de roupas mais discretas e básicas, de preferência cores lisas até porque se usarem a body chain num vestido estampado, o acessório irá "desaparecer" no estampado e não irá valorizar o look final. 
  • Também pode ser usado em looks mais sofisticados e até mesmo para festa. Nestes looks podem sempre acrescentar correntes ao corpo, mas, devem combinar com o estilo do look e ser bem refinada, podendo mesmo ter pedrarias.


 Celebridades com body chain

 



 Onde comprar:


sábado, 31 de janeiro de 2015

Saldos parte II - Gladiadoras

 Já algum tempo que as sandálias estilo gladiador despertavam em mim uma certa curiosidade, isto porque, sempre pensei que me iria criar ilusão de parecer ainda mais baixa!
Como existem modelos com mais ou menos tiras, com saltos altos, rasos ou os ditos confortáveis, poderia escolher umas sandálias que se adaptassem á minha estatura, ao meu estilo e às roupas que poderia conjugar!


 Como existe uma grande diversidade de modelos, estilos, formatos, resolvi  distingui-las pelo conforto no pé, para isso, dividi-as em 3 grupos em que, consoante o nível de conforto se adaptam mais a cada ocasião.

Conforto nível 3

Para mim as mais confortáveis, práticas e versáteis que se podem usar no dia-a-dia com coordenados mais casuais ou para as mães andarem com looks práticos mas sempre com muito estilo, com os seus filhos ao colo, ou mesmo num evento que não tenha um Dress code gala.





Conforto: Nível 2


As Wedge são o modelo de sandálias que podem ser usadas quer no dia-a-dia em looks descontraídos, numa ida às compras ou mesmo com um look de noite!





Conforto: Nível 1


E finalmente os Stilettos, este modelo, o mais sedutor e mais atractivo aos meus olhos, em que os saltos altos dão sensualidade ao look, onde as saias, calções são de tamanho reduzido e as sandálias decoram as pernas!





Depois de ver todos estes modelos e de um passeio pelas lojas, encontrei as minhas preferidas e logo de seguida levei-as para o meu roupeiro! 
A minha escolha teve em conta a altura do salto, queria um modelo confortável, que podesse usar em looks casuais chic, por isso o modelo de conforto 3, o mais descontraído, estava fora de questão. 
O número de tiras também era importante para poder conjugar desde as calças de ganga a qualquer outro estilo de calças ou com saias, de preferência saias tubo, as minhas preferidas.









domingo, 11 de janeiro de 2015

Como reorganizar o roupeiro


Chegam os saldos, olhamos para o roupeiro cheio de roupa e como não conseguimos ver nada para vestir, deparamo-nos com um problema...falta de espaço no roupeiro para as novas peças que adquirimos! 



De seguida vem um pensamento á nossa mente: chegou o momento de dar nova vida ao roupeiro! Devemos arrumar o roupeiro pelo menos 2 vezes por ano, combinem com a ida aos saldos e a motivação será maior.
Antes de deitar mãos á obra...pensem: De que vou precisar realmente? Quais os planos e qual a imagem que pretendo passar?

                                        O mote para esta reflexão ė:
 Para receber coisas boas na vida, devemos deixar outras irem embora��


                              
       

   


Depois da seleção feita, chegou a hora da arrumação propriamente dita.

A organização deve ser feita sem pressas. Quanto mais tempo perderem na organização, menos tempo demora a vestirem-se de manhã e a escolha os looks diários será muito mais facilitada.

Como guardar as peças

O que deve pendurar:
Camisas, blazers, coletes, blusas de tecido fluido, calças, saias, casacos, vestidos, calções.

O que pode guardar nas prateleiras
Camisas mais clássicas, malhas, leggings.

O que pode ir para as gavetas ou caixas
Lingerie, meias, lenços e cachecóis, pijamas, roupa de ginástica.


Truques

• Usem cabides da mesma cor e material.
• Usem cabides de criança para pendurar as calças, pois elas encaixam melhor.
• Separem as peças por categoria e depois por cor. Se tiverem paciência podem organizar
 da mais escura para a mais clara.

• Podem ter um molde para colocar nas peças que vão ficar dobradas nas prateleiras, para que fiquem com o mesmo tamanho e largura. Podem ser feitas com folhas de cartolina A4 ou outro tipo de papel mais maleável.



 
Boas arrumações e divirtam-se ��




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...